Fale conosco pelo WhatsApp
Cabeçote para Baixo Rumble 200 HEAD V3 Fender

Cabeçote para Baixo Rumble 200 HEAD V3 Fender

SKU 43080
R$ 3.690,00
10 x de R$ 369,00 sem juros
ou R$ 3.321,00 à vista (com 10,00% de desconto no Boleto Bancário / Transferência Itaú)
Quantidade

Produto Indisponível

Avise-me quando chegar

Consulte opções de parcelamento

1 x sem juros de R$ 3.321,00 (Desconto de 10 %)

2 x sem juros de R$ 1.845,00

3 x sem juros de R$ 1.230,00

4 x sem juros de R$ 922,50

5 x sem juros de R$ 738,00

6 x sem juros de R$ 615,00

7 x sem juros de R$ 527,14

8 x sem juros de R$ 461,25

9 x sem juros de R$ 410,00

10 x sem juros de R$ 369,00

R$ 3.690,00
10 x de R$ 369,00 sem juros
ou R$ 3.321,00 à vista (com 10,00% de desconto no Boleto Bancário / Transferência Itaú)
Quantidade

Produto Indisponível

Avise-me quando chegar

Consulte frete e prazo de entrega

Não sabe o CEP?

informações

A nova linha de amplificadores Rumble foi re-projetada do zero, está ainda mais leve e mais potente. Com amplificadores de classe D e toda a "vibe" clássica que só um amplificador Fender tem, o novo cabeçote Fender Rumble 200 é ideal para shows ou ensaios de qualquer tamanho.


detalhes dp produto

140 Watts (8 ohms) / 200 Watts de potência (4 Ohms)
Amplificador classe D
1 canal (com Overdrive chaveável)
Controles de Gain, Overdrive Gain, Overdrive level, Bass, Low-Mid, High-Mid, Treble e Master
3 chaves de opções de timbres (bright, contour e vintage)
Entrada para footswitch
Saída e entrada “Send/Return” para ligação de efeitos externos
Saída de linha XLR c/ Groud Lift
Entrada auxiliar p/ CD/MP3
Saída para headphone
Profundidade: 19 cm
Largura: 35 cm
Altura: 7 cm
Peso: 2.04 kg

Fotos meramente ilustrativas.

sobre a marca

Com uma brilhante história datando desde 1946, a Fender é a maior fabricante de guitarras, baixos e equipamentos relacionados do mundo.
Nos anos 40, o inventor, do sul da Califórnia Leo Fender percebeu que poderia melhorar os instrumentos de corpo oco usando um inovador, e relativamente simples, design de corpo sólido de guitarra elétrica.
Em 1951, apresentou o protótipo de um instrumento de corpo sólido, posteriormente chamada de guitarra Telecaster. A Tele, como ela era e continua sendo conhecida, foi a primeira guitarra estilo espanhol de corpo sólido a ser produzida em massa para comercialização. Naquele mesmo ano, Fender apresentou sua revolucionária nova invenção, o baixo Precision Bass.
Esses dois instrumentos históricos sacramentaram a fundação de um novo tipo de grupo e uma revolução na música popular.
A primeira aparição da Stratocaster foi em 1954, incorporando muitas inovações no design baseadas nas opiniões de músicos profissionais, do time da Fender e do próprio Leo Fender.




Devido a problemas de saúde, Leo Fender vendeu a companhia para a CBS em 1965.
Para “reinventar” a Fender, a CBS recrutou um novo gerente em 1981. William Shultz se tornou o presidente da companhia, apoiado pelo associado William Mendello.
Quando a CBS encerrou seus negócios que não tinham haver com rádio e TV, um grupo de funcionários e investidores liderados por Schultz comprou a Fender da CBS em 1985. A venda colocou novamente o nome da Fender nas mãos de um pequeno grupo de pessoas dedicadas e compromissadas em criar as melhores guitarras e os melhores amplificadores do mundo.
A nova empresa Fender Musical Instruments Corporation (FMIC) teve que começar do zero, inicialmente importou suas guitarras de fabricantes estrangeiros com experiência comprovada na produção de instrumentos viáveis e com bom custo-benefício.
Desde sua fundação, a FMIC tem crescido muito em vendas e status. Ela fabrica e distribui tudo o que os músicos precisam, como por exemplo, amplificadores, cordas e acessórios a produtos de áudio profissional, como mesas de mixagem e sistemas de PA.
A Fender se tornou líder mundial por definir o som de guitarra que conhecemos, por atender às necessidades dos músicos, por criar produtos de qualidade e por assegurar manutenção e estabilidade a todos os seus produtos. Conforme a FMIC adentra o século 21, sua gerência manterá o status de número 1 da Fender através de uma combinação vencedora de empenho comercial e amor pela música.
Os nomes Fender, Charvel, Gretsch, Guild, Jackson, Squier e SWR são nomes da FMIC.






















Indique a um amigo

Preencha os campos abaixo e clique em Indicar Produto.
A sua indicação será enviada para o e-mail especificado.

Avaliar produto

Preencha seus dados, avalie e clique no botão Avaliar Produto.
Muito Ruim Ruim Bom Muito Bom Excelente

Produtos que você já viu

Você ainda não visualizou nenhum produto

Termos Buscados

Você ainda não realizou nenhuma busca
Newsletter
CADASTRE-SE E RECEBA OFERTAS EXCLUSIVAS: